quinta-feira, 3 de julho de 2014

ÁREA INTEGRADA DE SEGURANÇA 25 É DESTAQUE NA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES NO MÉDIO SERTÃO DO SÃO FRANCISCO

Antes tida como uma área de exclusão, com grandes dificuldades dos Orgãos Estatais se fazerem presentes na busca do bem estar social, a AIS – 25, Área Integrada de Segurança 25, compostas por 04 (quatro) municípios, comporta, hoje, 02 (duas) Unidades Operacionais da PMPE, sendo a 2ª CIPM/PMPE (Circunscrição em Cabrobó e Orocó) e 7ª CIPM / PMPE (Circunscrição em Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande), que estão em constantes diálogos na busca de planejamentos Operacionais focados no atigimentos de metas estabelecidas no Pacto Pela vida.

 Dessa forma, com grande desprendimentos de todos os que fazem parte da AIS-25,  as constantes Operações Integradas impulsionaram a Gestão dessas unidades, na busca de minimizar a incidências de delitos nas áreas urbanas e rurais dos respectivos municípios, impulsionando a AIS 25, dentre todas as AIS do Estado, a alcançar os primeiros lugares nas Operações Malhas da Lei e Operação Crack, no mês de MAIO de 2014.

Uma das estratégias usadas pela Gestão da 2ª CIPM e da 7ª CIPM, é ouvir o efetivo naquilo em que possa sedr proveitoso na melhoria do serviço, em prol da Sociedade Pernambucana, bem como, com o desenvolvimento de trabalhos harmônicos e integrados, associados à participação plural da sociedade, demais Órgãos pertencentes a Rede de Proteção Socia e seus seguimentos,  juntamente com ações perseverantes comunitárias, além de um de Serviço de Inteligência atuante e qualificação técnico-profissional, com ações ações pró ativas,  não poderia ter outro resultado contrário do que fora atingido no mês de Maio, aqui apontados  possibilitam a superação dos objetivos traçados.

Por fim, é com trabalho árduo, determinado, temperado com um pouco de ousadia e perspicácia, que as gestão da 2ª CIPM e da 7ª CIPM estão trabalhando, de modo a obter os índices aceitáveis para uma maior sensação de segurança, respeito e confiança na troca de informações que possam levar a elucidação de crimes, pontos de venda de drogas e localização de homicidas foragidos da Justiça, e assim, poder alcançar de forma eficiente, os objetivos propostos pelo Programa do Governo do Estado intitulado “Pacto pela Vida” no seio da sociedade pernambucana.

Fonte: 7ª CIPM - Companhia Natanael Silva Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário