quarta-feira, 2 de julho de 2014

POLÍCIA FEDERAL INVESTIGA POSSÍVEL DESVIO DE RECURSO PÚBLICO EM SERRITA

Deflagrada nesta terça-feira (1ª), a 'Operação Júlio César II', da Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na Prefeitura Municipal de Serrita, no Sertão de Pernambuco. A ação investiga as suspeitas de desvio de recursos públicos no município.

O mandado foi expedido pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região. A investigação, que foi inciada em 2008, teve continuidade quase seis anos depois. Na primeira oportunidade, a 'Operação Julio Cesar' apurou crimes eleitorais e desvio de recursos em gestões anteriores do atual prefeito. Porém, segundo a Polícia Federal, a informação é de que na gestão atual continuavam a acontecer os desvios.

Imóveis, como casas e hotéis, de pessoas investigadas foram apreendidos, em determinação do Tribunal Regional Federal. Os bens estavam em Serrita e em cidades como Salgueiro e Petrolina, também no Sertão do estado, e Maceió, no estado de Alagoas. Segundo a Polícia Federal, estes bens são para o ressarcimento do erário público, bem como para a redução dos 'prejuízos já detectados ao longo das investigações'.

Os contratos de licitação e notas com ordens de pagamento apreendidos na Operação foram levados para Recife, capital do estado, para perícia contábil dos auditores da Controladoria Geral da União (CGU).


Fonte: Blog do Luiz Carlos (G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário