quarta-feira, 2 de julho de 2014

SECRETARIA DE AGRICULTURA ENTREGA ABATEDOURO EM AFOGADOS DA INGAZEIRA

Em parceria com a Prefeitura de Afogados da Ingazeira, a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco inaugurou o Abatedouro Público Municipal nesta terça-feira (01). A entrega do equipamento ocorreu dentro das comemorações pelos 105 anos de emancipação política da cidade sertaneja.

O abatedouro recebeu um investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão e cumpre todas as normas sanitárias e legais. Tem capacidade para abater até 300 animais por dia e vai gerar 30 empregos diretos na região. Outros municípios do Pajeú vão ser estimulados a levar bovinos, ovinos e caprinos de corte para o abatedouro. "Fica mais barato e mais prático para outros municípios a utilização do abatedouro de Afogados da Ingazeira", destacou o diretor administrativo da Equipabat (empresa que vai gerenciar o abatedouro), Carlos Vandré.

Durante a inauguração, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco, Aldo Santos, ressaltou a qualidade da carne processada no local. "A população do Pajeú vai ter a certeza de que o alimento produzido aqui é de qualidade. Estamos gerando mais empregos e levando mais saúde para a mesa", afirmou.

Para garantir um produto sem contaminação, o abatedouro de Afogados da Ingazeira é o primeiro no estado a possuir um sistema de tratamento de resíduos líquidos e sólidos capaz de transformar toda a matéria de descarte em adubo orgânico após a ação de bactérias e micro-organismos do próprio material.

Segurança - Afogados da Ingazeira também recebeu uma Área Integrada de Segurança (AIS), que reúne no mesmo local o 23º Batalhão da Polícia Militar, a 20ª Delegacia Seccional e a 13ª Delegacia da Mulher (DPMUL) em um local com 60 salas que ocupa uma área de 1.550 m². A Área Integrada de Segurança funciona no bairro Manoel Valadares e vai cobrir 12 municípios do Sertão do Pajeú. O prédio da AIS recebeu um investimento de R$ 3 milhões e 200 mil em infraestrutura e aquisição de equipamentos.



Fonte: Assessoria de Imprensa - Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária por Felipe Salgado






Nenhum comentário:

Postar um comentário