domingo, 21 de junho de 2015

GESTÃO FISCAL DE ITAPETIM É UMA DAS DEZ MELHORES DE PERNAMBUCO, APONTA FIRJAN

A crise na economia atinge fortemente os cofres dos municípios brasileiros. É o que revelou o Índice FIRJAN de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado na última quinta-feira (18/06), que trás dados referentes a 2013 e mostra que oito em cada dez prefeituras estão em situação fiscal difícil ou critica.

Itapetim também sofre com a crise, mas em virtude do planejamento e da gestão pública eficiente é um dos destaques do estudo em Pernambuco. O município governado pelo prefeito Arquimedes Machado aparece entre os dez primeiros no ranking pernambucano, ocupando a oitava colocação e ficando à frente de cidades como Olinda e Jaboatão dos Guararapes.

Lançado em 2012, o IFGF traz o debate sobre a forma como os tributos pagos pela sociedade são administrados pelas prefeituras. O índice é construído a partir dos resultados fiscais das próprias administrações municipais, disponibilizados anualmente pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Com base nesses dados oficiais, são avaliados os indicadores receita própria, gastos com pessoal, investimentos, liquidez e custo da dívida.

O índice varia entre 0 e 1, sendo que, quanto mais próximo de 1, melhor a gestão fiscal do município no ano em observação. A pontuação de Itapetim foi de 0.6276. Entre 0,6 e 0,8 a gestão é considerada boa.

Assessoria de Comunicação

Texto: Euflavio Nunes / Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário