segunda-feira, 22 de junho de 2015

POR MAIS UM ANO, PERNAMBUCO TEM A ESCOLA PÚBLICA MAIS ATRATIVA DO BRASIL


Pelo segundo ano consecutivo, Pernambuco segue tendo a escola pública mais atrativa do Brasil no Ensino Médio. Segundo dados anuais divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as escolas da Rede Estadual de Ensino Médio registraram, em 2014, a menor taxa de abandono escolar do Brasil: apenas 3,5% dentre todos os alunos matriculados não concluíram o ano letivo. Ainda conforme o ranking 2014 do Inep, o segundo Estado com a menor taxa de abandono do País é São Paulo, com 5,0%, seguido por Goiás, com 6,9%.

Em 2013, Pernambuco já havia registrado uma taxa de 5,2%, também a menor do país, naquela ocasião. E em 2014, mesmo já subindo para o primeiro lugar no ranking, foi o Estado que mais reduziu, também, em termos percentuais: 32,7% (de 2013 para 2014).

As novas práticas pedagógicas, tornando as aulas mais atrativas, que contemplam premiações como o Professor Autor, as escolas em tempo integral, novas tecnologias, estímulo ao estudo de outros idiomas com a opção de intercâmbio, via Programa Ganhe o Mundo, e a melhoria de infraestrutura são alguns dos fatores apontados pela Secretaria de Educação do Estado para que os estudantes do Ensino Médio permaneçam cada vez mais nas escolas da Rede Estadual.

O Pacto pela Educação, baseado em metas de melhoria da qualidade do ensino, aprendizagem e da rede escolar, e o compromisso dos docentes em tornarem a transmissão dos conteúdos cada vez mais interessantes também são fatores primordiais para a redução cada vez mais significativa da taxa de abandono.

“A manutenção de Pernambuco em primeiro lugar no ranking representa a estratégia que o Estado vem desenvolvendo para melhoria do Ensino Médio com ações voltadas para o fortalecimento das escolas em tempo integral, a melhoria dos insumos pedagógicos, o empenho e dedicação dos nossos professores, o acompanhamento dos estudantes, e a construção de um currículo alinhado com as suas necessidades”, destaca o secretário de Educação do Estado, Frederico Amancio.

HISTÓRICO - Pernambuco chegou a ser o segundo Estado com a pior taxa de abandono escolar do Brasil no Ensino Médio, em 2007. Ou seja, saiu de uma das piores posições para a melhor, e se manteve ali pelo segundo ano consecutivo. É o único Estado do Nordeste que figura do ranking dos 10 com as menores taxas. A taxa média de abandono do Nordeste é de 10,4%, enquanto que a média do Brasil está na casa de 8,7%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário