segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

CASO BEATRIZ: RETRATO FALADO DO ASSASSINO É DIVULGADO PELA POLÍCIA


Quase três meses após Beatriz Angélica Mota, 7 anos, ser assassinada a facadas durante uma festa de formatura de um colégio de Petrolina, no Agreste de Pernambuco, a Polícia Civil do Estado apresentou na manhã desta segunda-feira (22) o retrato falado do suspeito de cometer o crime.

De acordo com a polícia, o homem é moreno, tem altura entre 1,65 e 1,70 e aparenta ter 70 quilos. A imagem mostra um rosto largo e olhos fundos. O retrato falado foi feito a partir do relato de testemunhas, que teriam visto um homem com estas características próximo ao local do crime.

Os detalhes estão sendo apresentados no Recife pelo chefe da PCPE, Antônio Barros, e o delegado especial designado para o caso, Marceone Ferreira Jacinto.

A menina foi morta na noite de 10 de dezembro do ano passado dentro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, onde seu pai, Sandro Romilton Ferreira, trabalha como professor de inglês. O corpo dela foi encontrado numa sala de material esportivo desativada, espaço mais afastado da mesma quadra em que acontecia a festa. (NE10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário