segunda-feira, 28 de abril de 2014

SECRETARIA DE AGRICULTURA CONVOCA PRODUTORES PARA A VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AFTOSA

Campanha começa no dia 1º de maio e segue até o dia 31; pecuarista que não comprovar vacinação pode ser multado

A Secretaria de Agricultura de Riacho das Almas em parceria com a Secretaria Estadual e Agricultura e Reforma Agrária, por meio da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco – Adagro está convocando os produtores de gado do município para a vacinação contra a febre aftosa. A campanha acontece entre os dias 1º e 31 de maio.

A meta é imunizar 95% do rebanho do município, que atualmente é de 8.200 cabeças de gado, distribuídas nas 430 propriedades rurais de Riacho das Almas. As doses devem ser compradas pelos produtores, e aplicadas sob supervisão da Adagro.

Depois que o produtor realizar a aplicação da vacina, é importante que ele leve o comprovante de compra das doses à Secretaria de agricultura para provar que o gado está imunizado. O produtor que não comprovar a aplicação da vacina contra a aftosa no período da campanha pode receber uma multa que varia entre R$ 60 e R$240 por propriedade: ”É extremamente importante que o produtor que vacinar o rebanho traga o comprovante da compra da vacina para não ser multado, porque ainda que ele vacine o gado, se não der baixa junto à Secretaria de agricultura, ele fica irregular e pode sofrer esta punição”, explicou o técnico agrícola da Adagro Dijaime Ferreira.

A aftosa é uma doença altamente contagiosa, que causa febre, ferimentos e falta de apetite nos animais, podendo resultar em morte.

Brucelose – Paralelamente à campanha da aftosa, a Secretaria Municipal de Agricultura orienta ainda que os produtores sobre a imunização contra a brucelose. Precisam receber doses da vacina as bezerras entre 3 e 8 meses de idade. As doses são aplicadas por técnicos da Adagro e cada dose custa R$10. A brucelose pode ser transmitida ao homem, e causar doenças como o câncer.



Fonte: Assessoria de imprensa - Prefeitura de Riacho das Almas

Nenhum comentário:

Postar um comentário